Baaaaad Luck

Alguns amigos nao acreditam e zombam quando falo que a nossa vida inteira é regida pelo destino da sorte. Mesmo budista, acredito que Deus possua uma bela caligrafia. Claro que está ao nosso alcance mudar coisas que nao estão ao nosso gostar, mas a maioria do que nos acontece é resultante da sorte.
Por exemplo, não nascer em uma familia economicamente confortável, perder cedo os pais que podem ser o apoio para nosso crescimento, ou ter uns que apenas nos atrapalham nas conquistas da vida, nao ter um amor correspondido, amigos leais, oportunidades de crescimento na vida...tudo isso está aí, a milhões de exemplos, de que dependemos da sorte para muitas coisas.

Sou um grande exemplo do time dos teimosos. Minha familia nao me ajuda em nada, tudo é me dado da forma mais difícil, nao tenho sorte nem com palito de picolé premiado, mas vou levando a vida..
A vantagem disso seria talvez conseguir tudo a proprio mérito, mas às vezes dá uma canseira de ver todo mundo conseguindo as coisas, e a gente batalhando e ficando com a menor fatia do bolo.
 
Tantos políticos que trabalham de quarta a quinta, recebem salários generosos e ainda tramam lavagem e mamada no dinheiro público pra aumentar a receita. Pobres assalariados como nós, trabalhamos muito, recebemos pouco e grande maioria do que arduamente ganhamos é direcionada aos bolsos dos corruptos em forma de imposto. 
Ficaria aqui citando muitos exemplos, de pessoas que nao dão valor ao que sao e ao que tem e tampouco agradece aos que colaboram para a boa vida que levam.
 
Estive muito depressiva todos esses dias atrás com isso, por nao ter nascido tão bem, não ter tao bons colaboradores e nao ser reconhecida pelos meus esforços. As oportunidades a mim dadas são escassas e me vejo às vezes sem saída, sem vontade de lutar novamente, após cada queda. 
Fico imaginando pessoas tão mais incapazes que eu, mas se dão bem[às vezes às custas alheias e moralmente incorretos] e lembro-me te tanto que me esforço, de tanto que trabalho, de tanto que estudo, das noites mal dormidas tentando entender um muito de tudo, querendo me tornar mais capaz....mas danada de a sorte, como consigo??


Por enquanto vou me contentando com uma conquista
que me tomou praticamente a vida, e ainda nem sei se 
completará:o meu próprio cantinho...talvez depois disso 
nao terei tanta covardia em dar fim à vida.

3 comentaram:

Jou Jou Balangandã disse...

Oi Daiane,tinha algum tempo que não passava por aqui. Será que a coisa anda tão negra assim? Sorte existe mesmo? Ou somos nós que atraimos tudo aquilo que nos acontece?

Bjos

Evandro Varella disse...

Dai,
Amoleceu a caxola? rsss
Nada de esmorecer minha querida!
Como diz a amiga Jou, somos co-criadores da nossa realidade.
Chupa essa manga!
Beijos

NanoFenton disse...

Gostei mesmo do seu blog, to vendo umas crises parecidas...hehe. Vou te comtar um história minha. Um vez fui no psicólogo cheio de raiva porque tinha visto uma moça com que acabara de terminar o namoro com outro cara, uma semana depois. Eu fiquei injuriado passando muita raiva, cuspindo fogo.. haha, e ele me disse:
-Um dia você vai agradecer... e uns 8 anos (literalmente) depois eu me senti grato por isso ter acontecido... az vezes leva um tempinho. hahaha.

BEM VINDOS AO TAIPAN DOMESTICADA...INJETEM SEUS VENENOS À VONTADE.
 
Copyright 2009 TAIPAN DOMESTICADA All rights reserved.
Blogger Templates created by Deluxe Templates
Wordpress Theme by EZwpthemes