BOM 2010 PRA TODO MUNDO

BOM, BLOGSFERA QUERIDA...FELIZ ANO NOVO PRA TODO MUNDO
OBRIGADA PELO MARAVILHOSO 2009 QUE PASSEI NA COMPANHIA DE VOCÊS.
SAIBAM QUE TODOS QUE AQUI CONHECI FORAM E SERÃO SEMPRE MUITO ESPECIAIS NA MINHA VIDA.
QUE TODOS REALIZEM SEUS DESEJOS, SEJAM FELIZES, CONSERTEM OS ERROS E VIVAM A VIDA INTENSAMENTE.

Beijinhos dos grandes pra todos.

Pra não dizer que nao falei das flores...

Estamos tão ocupados com o nosso bem estar, com os nossos próprios desejos e anseios..que às vezes nos esquecemos de curtir algumas coisas belas da vida. Tenho andando meio ranzinza, confesso..Mas não é para pouco..tantas coisas ruins sempre acontecendo, comigo e com o mundo, que às vezes não abro espaço para refletir sobre a minha vida e o que de bom resta nela. Mas algumas pessoas queridas falam que é apenas uma fase...que vai passar. Deuses, ouçam elas!

Mas voltando às coisas belas, quantas delas há também no mundo!!Ah, eu passaria uma noite aqui, listando e descrevendo as sensações de cada uma.
Hoje, me atenho às orquídeas...esperam um longo ano para florescerem, mas encantam com a sua beleza e delicadeza até aos olhos mais rudes...como as mulheres esperam longas datas para se exibirem aos olhos do mundo, a cada dia, a uma data especial, a um simples adormecer.

Assim como as mulheres, de vários tipos, formas tamanhos e cores. Algumas mais fortes, outras mais vulneráveis, muitas delas raras e especiais. Todas a seu tempo, respeitando o seu limite e encantando os mais diversos tipos de pessoas e coisas. Orquídeas e mulheres...há comparação melhor??
Atrevo-me a dizer que orquídeas representam muito bem a alma feminina, lótus que me perdoem, pois também as amo, mas orquídeas são imbatíveis.

E a época das minhas preferidas é agora...principalmente a popular e linda Cattleya Warneri.


Beijinhos suaves como uma orquídea...Bom descanso a todos.

Vitrine da vida

Começados os trabalhos em meu atelier, que a Gostosinha insiste em deixar bagunçadas as linhas, gostei de algumas reflexões que fiz.Trouxe meus croquis do semestre inteiro, pois são executáveis apenas com muito tempo livre.
Mas as reflexões são as seguintes:

Quando faço um vestido, chego ao final da obra e pergunto para mim mesma: Eu compraria esse vestido se ele estivesse em uma vitrine??
Caso a resposta seja afirmativa, uso, guardo para alguma ocasião ou presenteio alguém.
Mas caso a resposta seja negativa, acabo com todo o trabalho de algumas horas e até alguns dias e começo tudo de novo ou dou um novo fim a ele, como saia, blusa ou outro componível.

Então, a vida seria basicamente isso: Se voce pudesse ver a sua vida em uma vitrine, você a compraria e usaria?? Ou se ganhasse de presente de natal, apenas a toleraria porque foi sua amiga querida que deu, achando ser a sua cara??
Sua família, seu círculo de amizades, seu marido ou namorado...se estivessem em uma vitrine, você os compraria?
Dependemos apenas de algumas reflexões simples como essa para saber se o que nos insatisfaz pode ser descartado.
E não adianta falar que mamãe é linda, se ela nao te respeita; meu namorado é maravilhoso, se ele não se importa com você e nao respeita seus sentimentos; meus amigos são o máximo se eles não sabem desfrutar positivamente da sua companhia.
Pegue a sua vida e faça um saldão de garagem...assim como eu farei com a minha. Há muito inutilizado e muito a ser adquirido ainda...
E só retenha aquilo que, estando em uma vitrine, você certamente compraria.

Beijinhos...

Spam

Às vezes fico toda animada quando a caixinha de e-mails do msn está com um número bom.. Tudo bem que tenho cadastros em milhões de sites e afins e muita gente me manda coisinhas bacaninhas no FW...Mas a maioria do que está lá é Spam, ou seja:

Só
Porcarias
Advindas do
Marketing


Aí, fora algumas com um título interessante e nada dentro, a ação imediata é marcar as caixinhas e apagar tudo, sem dó nem piedade da empresa que com todo esforço e carinho nos mandou aquela porcariada toda.
Hoje, lendo as 6 edições das Seleções, que chegam mensalmente para a minha mãe, mas eu leio apenas semestralmente, achei uma coluna muito bacaninha, na edição de outubro, sobre os maleditos Spams..

"Imagine se as empresas que enviam spam só pudessem falar a verdade em suas propagandas:
Os assuntos seriam:
@Novos vírus de computador maneiríssimos...
@ Suas informações bancárias já estão atualizadas. Não faça nada.
@ Oi Carlos! Apesar de parecer simpática, eu NÃO te conheço.
@ Conta no negativo? Sem crédito na praça? A culpa é só sua!
@ Ganhe um brinde! Nós vamos embutir o preço no envio do produto.
@ Se quiser perder todos os seus dados, clique aqui!
@ Desculpe, mas você não foi sorteado.
@ Mulheres lindas e atraentes nao querem falar com você.
@ Não precisa comprar agora - O estoque está cheio.
@ Satisfação não garantida.

E o melhor de todos:
@ Apague sem ler. Você nao vai perder nada.

*A tradução de Spam é minha...vou patentear!
*Ia fazer um post sobre crianças, mas aqui nem a vivo nem o diabo chegam..fica pra amanhã.
*Vão imaginando já o que seria gostosuda.

Lembranças

Alguns rejeitam, outros valorizam, alguns renegam,
outros precisam delas pra sobreviver.



A verdade é que, querendo ou não, elas estão aí, de uma vida inteira, por toda parte, povoando cada sofrido ou alegre dia da nossa existência.

Por muito tempo eu quis viver longe de algumas, realmente desnecessárias para a minha vivência, mas elas insistem em ficar. Hoje, me pego resgatando algumas, em dias que a rotina se fez desnecessária e o ócio resgata o que certamente algum deus condenaria.

Mas não há como discorrer tão bem tais lembranças, que são a base da pirâmide que sustenta a vida. Somos feitos de lembranças, e virão outras...umas boas, outras nem tanto.
Aquela música de tempos atrás, aquela comidinha, aquele presentinho, pessoas, coisas, fotografias, datas...

As pessoas aconselham, os padres e monges dizem, os pensadores filosofam sobre o passado e a fómula mágica para deixá-lo definitivamente no passado...mas se somos feitos de passado, isso é possível??
Não sou muito apegada a lembranças materiais, fotografias, objetos e roupinhas de batizado, mas as recordaçoes emocionais povoam a minha vida talvez até mais do que eu gostaria. A verdade é que, melhor do que renegar ou esquecer, talvez a solução é encaixar cada lembrança no seu devido lugar e nao deixar que as más nao interfiram nas possíveis boas que virão.

Simplesmente aprender a tão meticulosa e delicada arte de viver.
E adicionando alguns GB a mais no cérebro pra guardar tanta informação.

Monday's music

"E escalando o topo, irei me jogar lá embaixo
Em um esforço de fazer ficar claro para alguém
O que acontece quando você está aos pedaços"




...

TO INDO...BJONABUNDAMELIGUEM!!

Hoje queria colocar uma frasezinha que criei no turismo que fiz no centro à procura de um micro-SD de 8GB..[impossible]

Em vez das mulheres gritarem: COMPRO OURO, AVALIAÇÃO É GRÁTIS...
Porque elas nao gritam: VENDO CORPO, AVALIAÇÃO É GRÁTIS...
Os interesses iriam aumentar bruscamente...


[Eu sei que soou idiotamente machista e blablabla...mas o importante é que eu ri...Podem queimar cuecas e me processar à vontade, pois estarei onde nem o diabo chega.]

Mudanças

Taurinos odeiam mudanças..fato! Mas não se acomodam quando a coisa nao está do jeito que querem..Fato ao ²!!

Mas conheçam agora uma taurina nômade,
 física e emocionalmente, se é que entendem...

Agora começou pra valer as mudanças..lar, ambiente, crenças, preferências, opiniões, planos, sonhos...
Eu adiei um pouco, mas tem uma hora que você explode e quer pra ontem.
Sei que as coisas não vão sair exatamente como planejei, mas ao menos me dei ao trabalho de planejar tudo milimetricamente. Tudo assim, com listinhas penduradas, placas de cuidado, de destinatário e tudo mais.
Tenho dois meses e meio para adaptação de tudo, incluídos nesses as horas de lazer, ciscamento em outros galinheiros, alguns acampamentos naturebas, um portfolio, dois projetos sendo tocados e descanso merecido com cafuné e litros e mais litros de chá na casa da mamãe[que está ficando cada vez mais longe]...

Se dou conta??Ainda sobra vida pra ler Veríssimo, Paulo Coelho, estudar francês e italiano, colocar todos os croquis que venho fazendo desde agosto em prática, fazer uns vestidos que me cobram desde o ano passado, aulas de V-ray, CAD, brincar no photoshop e no sketchup, ler todos os milhões de revistas que tenho, praticar alguns vícios, Tai Chi e ainda pensar em homem...

Lembro que em 2006 me mudei 4 vezes de casa, um bocado de vezes de namorado e a personalidade evoluiu mais do que eu e muitos esperavam...foi o ano decisivo da minha vida e foi nele que avancei 10 anos em um só.
Me peguei no flagra esse ano querendo fazer o mesmo...e PRA ONTEM!

Gostosinha ligou dizendo que comprou alface para mim...vai pra perto do inferno comigo no reveilon e vai beber todos os destilados possíveis em minha companhia. Acho que estão indo todos os pingos para os devidos is...Agora é rezar pra vestidaiada caber nas malas, as operadoras colaboraram e os bancos não hesitarem em ser caridosos com minhas orgias patricísticas...

E esse trechinho vai pra Gostosinha:

"Precious friend, with you I'll always have a friend,
You're someone who I can depend to walk a path that sometimes bends.
Without you, life has no meaning or rhyme
Like notes to a song out of time.[...]
God bless you...You make me feel brand new
For God blessed me with you, you make me feel brand new.."

 

Medos

Depois de uma conversa itimidadora à madrugada, um livro adorável e suspeito, já em metade devorado e algumas reflexões de feriado, pego-me agora pensando justamente no assunto tratado do livro: a que altura eu consigo chegar em prol da luta pelo que eu quero??

Medrosa declarada, aquela que foge de todo relacionamento que parece custar mais do que o preço justo, que evita dissertar sobre qualquer assunto pessoal tète a tète e guarda algo que queria ter jugado no curso de um rio qualquer...

Ouvindo One of us e concisa de que Deus não é justo, mas tem uma ótima caligrafia, tomo coragem de ficar um bom tempo analisando o mal que os meus medos tem me causado.
Será por quanto tempo mais conseguimos ocultar nossos sentimentos, nossas vontades?

Medos todos temos, apesar de alguns céticos em
situação pior insistirem em negar a existência deles.

De todas as pessoas que conheço, poucas são fortes o suficiente para serem o que realmente são...As outras insistem em requerer cidadania mexicana.
Mas o objetivo desse post é justamente fazer com que eu possa ver e minha própria tela a importância significativa que teria alguns riscos a mais..algumas humilhações a mais...alguns desprezos a mais...algumas lágrimas a mais...
E aquela conversa que ensaiei por árduos anos, com todo o script editado e decorado várias vezes ser definitivamente extinta da minha vida.


E como no livro:
Esperar dói. Esquecer dói.
Mas nao saber que decisão tomar é o pior dos sofrimentos...

Definições

Nao gosto muito de CTRL+V, mas o Veríssimo sempre me obriga a colocar algum.
Esse é de um e-book que estava em meu pen drive e tomei coragem de imprimir[odeio ler e-book no PC] denominado "Sexo na cabeça" e adorei o seguinte texto[que Veríssimo perdoe os cortes]:

Uma pessoa é uma coisa muito complicada.
Mais complicado do que uma pessoa, só duas. Três, então, é um caos.
Segundo uma pesquisa recente, as pessoas se dividem em seis tipos básicos, de acordo com seu comportamento com o (e como) sexo oposto. Se você não se enquadrar em nenhuma destas categorias, procure orientação. Você pode estar no planeta errado.


O primeiro tipo é o Simbiótico. É o que, numa relação, exige e cede mais ou menos na mesma proporção. Avança e recua, morde e sopra, questiona e entende e aceita qualquer coisa para evitar o rompimento, com a possível exceção da frigideira na cabeça. Vê o amor um pouco como um cargo público em que o principal é a estabilidade. Algo inseguro, precisa ouvir constantemente que a relação está firme, muitas vezes acordando o(a) parceiro(a) no meio da noite para perguntar isso e precipitando o desentendimento. Frase característica: "Eu peço desculpa se você pedir."


Depois tem o tipo Civilizado. É o que se preocupa em ter um comportamento esclarecido em relação ao outro, respeitando a sua iniciativa própria e o seu espaço, e só reagindo em casos como o do aparecimento de uma terceira escova de dentes no banheiro sem uma explicação convincente. O par civilizado acredita que o amor deve refletir as conquistas da modernidade, como a tolerância, o respeito mútuo e, acima de tudo, contas separadas para o caso de algum litígio terminar em frigideira na cabeça e processo.


O tipo Egoísta. Como aquele marido que telefonou para a mulher para explicar seu súbito desaparecimento, dizendo que tinha dado um desfalque na firma e fugido para a Flórida com a dona Neide da Contabilidade e que os dois estavam naquele momento no Disneyworld e prestes a entrar na Montanha Mágica, e quando a mulher começou a chorar, disse: "O que é isso, sua boba? Não tem perigo nenhum." Geralmente o egoísmo, no amor, se manifesta em pequenas coisas como dizer, durante o ato sexual: "Você se importa de acabar sem mim? Amanhã tenho dentista às oito."


Uma versão atenuada do tipo Egoísta é o tipo Individualista. Este sempre deixa claro, ao começar uma relação, que não sacrificará sua individualidade pelo amor, e estabelece os limites de cada parceiro. A mulher sempre é mais vaga nas suas reivindicações de independência, protegendo seus interesses separados, seus momentos de recolhimento e reflexão ou uma vida social própria, enquanto o homem é mais específico, dizendo coisas como "se tocar no meu time de botão, apanha".

O tipo Controlador dá sempre razão ao outro, cuida do que diz, suprime sua agressividade e enfrenta qualquer problema de costas, recusando-se a vê-lo. Em suma, se controla. Frase característica: "Tudo bem." Prefere a mesmice a grandes rompantes românticos e encara com naturalidade qualquer manifestação do outro. Inclusive a frigideira na cabeça. Mas tem uma coisa: no dia em que explodir, derruba a casa junto.


O tipo Doador só tem uma preocupação: fazer tudo pelo outro, inclusive sacrifícios extravagantes como tirar a comida da própria boca, o que sempre causa embaraços em restaurantes. Sua maior felicidade é ser suficientemente desprendido e acumular créditos emocionais o bastante para um dia poder dizer para o outro a grande frase, para a qual ele vive: "Depois de tudo que eu fiz por você!". O tipo Doador é, na verdade, o tipo Chantagista disfarçado.

Me encaixo no Simbiótico e no Doador...e vocês??

Lógica mercadológica masculina

Acompanhem o meu raciocínio:




*Homens bonitos e bonzinhos, mas nada inteligentes estão casados com as manipuladoras.
*Homens simpáticos, nada bonitos e nada inteligentes estão casados com loiras burras.
*Homens inteligentes, simpaticos mas não bonitos, nao querem saber de casamento.
*Homens bonitos e inteligentes estão se tornando gays.
*Homens não tão bonitos, mas bem resolvidos e decididos, estão casados com as burras e submissas.
*Homens feios, mas ricos estão casados com as interesseiras.
*Homens lindos, mas fracassados financeiramente, estão casados com as feias e inteligentes.
*Homens ambiciosos, bonitos, mas estúpidos, estão casados com as pervertidas.
*Homens másculos, bonitos, sensuais, mas nada inteligentes, estão brochando.
*Homens inteligentes, másculos, mas ignorantes, estão por toda parte.
*Homens saudáveis fisicamente estão doentes psicologicamente.
*Homens atraentes, poderosos e controladores estão casados com bonecas infláveis.
*Homens atraentes, bonitos, mas submissos, estão perdendo a clientela.
*Homens inteligentes, simpáticos e bem humorados estão em extinção ou são meus irmãos.
*Homens bonitos, poderosos, controladores, bem resolvidos, inteligentes, másculos, saudáveis física e psicologicamente, inteligentes, bem humorados, ricos, decididos, ambiciosos, simpáticos e que troquem a lâmpada...
EM QUE PLANETA VOCÊS ESTÃO???


Hugh Jackman [socorro]

Mais três e pronto

Uma coisa me deixa feliz com a vinda do apocalipse: São só mais três Natais pra aguentar.
Muita gente vai odiar, portanto se gosta do rebosteio de natal,ou se tiverem criancinhas na sala, nao leiam o post!

Já fui feliz com natal, juro. Tinha 5 anos e jurava que a bicicleta lilás era presente do simpático Santa Claus. Mas depois disso, nao me lembro de nada feliz.


Bebedeira, blusas que nao servem, gente idiota te elogiando, desejando dia feliz, comilança livre e corpo 10 toneladas mais pesado no outro dia, piadinhas idiotas, familia perguntando porque voce ainda nao casou(mesmo voce tendo 12 anos de idade)...QUAL A GRAÇA NISSO TUDO??

Natal eu sempre dou um jeito de correr das luzinhas piscantes e das pessoas exageradamente animadas e endividadas. Ainda bem que a familia mais de perto(digam-se Gostosinha e ManoNim) nao são lá tão chegadas a tal festança. Passamos um natal tranquilo, sem conta de luz alta em janeiro nem geladeira vazia no dia 25.

Tem gente que gosta, mas eu acho uma pataquada...as praças enfeitadinhas, as pessoas se sentindo na obrigação de dar presentes, velhinhos pedófilos aproveitando a deixa para uma sentada(ou várias), crianças aproveitando pra dar birra e conseguir o que nunca vão precisar e zilhões de outras, que me arrepiam até pêlos dos ossos.

Minha caixa de e-mail eu sei que nao vai ser poupada, mas ja aviso aos demais que nao me mandem papai noel com cartãozinho nem f***, a nao ser que ele tenha a casca do Richard Gere e esteja nu.

No mais, VÃO SE FERRAR NO NATAL!!
Espero que o trenó enferruje, a barba do papai noel caia,as balas dele sejam ecstasy, o saco rasgue e o menininho da manjedoura caia e tenha fratura exposta...aí sim vai ter graça!

A culpa é de quem

Brasileiro tem mania de culpa alheia...Mania terrível de devotar a culpa de suas desgraças a algum felizardo que raramente sabe do ocorrido.
Filas imensas hoje, uma pessoa fura e um outro solta a manjada pérola:
É POR ISSO QUE O PAÍS NÃO VAI PRA FRENTE!

É por isso e zilhões de outras coisas...
Brasil nao vai pra frente, nem pra trás e muito menos para os lados...porque??Porque geograficamente, humanamente e politicamente, NÃO DÁ!

Presidente analfabeto, um senado inteiro mamando nas tetas do dinheiro público, gente matando gente por dinheiro ou marido alheio, gente magoando gente o tempo inteiro, pessoas passando pernas e dando golpes, metade do país vivendo de roubos, filhos sendo criados e educados igual a cobrinhas, pessoas se metendo na vida alheia e vendo o mundo como caolhos[olhando apenas para o defeito alheio]...e a culpa é de quem??

A culpa é de todo mundo, assuma cada um a sua.

Se você é cômodo e acha sua vida uma caca de pombo, mude ou cale-se...a culpa é só sua!
Se voce vive tropeçando em problemas, resolva ou esqueça-os...a culpa também é sua.
Se voce vive mexendo com as pessoas erradas, é porque anda atraindo as pessoas erradas...Recicle-se
As complicações só entram se a porta estiver aberta ou lascada.


Nesse post a filosofia budista se encaixa:
 "Tudo que adquirimos é consequência apenas dos nossos atos.
Bons atos colhem bons frutos, maus atos colhem maus frutos."
Pense bem antes de culpar alguém por alguma coisa...o culpado pode ser apenas você.
E alguém com a paciência perdida me faz perder a minha também!! Percam silenciosamente e discretamente a paciência, please!

*Nao cabe aqui, mas adoraria falar sobre outra coisa: Pessoas que olham para os pés [delas e dos outros]. D-E-T-E-S-T-O.
Quando minhas amigas vem me contar que vão conhecer a cobra sogra, eu recomendo: Se ela olhar diretamente para os seus pés, apronta o lombo que lá vem um inferno pra voce aturar.
Tanta coisa bonitinha nesse projeto divino da Gostosinha e os fulanos olham diretamente para o meu pé??
Para mim é um sinônimo efêmero de arrogância e as pessoas perdem pontos valiosíssimos comigo.
Acho que entendem o que estou querendo dizer.

Beijinhos...

Saudades do Nero

Depois de uma convalescença que durou uma semana mas pareceu anos, ó eu de volta, com as maos roxas de injeções e tres quilos a menos[pra quem nao acreditava que eu poderia ser mais magra, here I am].
Confesso que durante as minhas longas horas febris, tive acessos incontroláveis de imaginação fértil e nessas horas quanta falta me fez o Taipan pra me ouvir.
Mas to aqui pra dizer que sinto uma saudade no Nero..nao do programinha, mas sim do safadzinho que brincou de incêndio em Roma. Ele bem que podia morar no Brasil e executar seu passatempo por aqui...ia ser hiperdivertido, como diria minha rainha da infância que hoje nao quer ter cara de avó.
Pra isso até fiz poema:

"Bota fogo aqui..tem tanta coisa pra queimar aqui.
Tanta podridão, tanta sujeira.
Só no senado, voce escolheria a sorteio os corpos...
Ou faria uma vala do tamanho da Torre Eiffel deitada deles..

No rio, o que tem que marginal te imitando...
Mas voce é mais..coloca fogo nos ônibus que eles colocam fogo, mas com eles dentro.
Tem medo não..eles parecem fortões, mas é porque tem armas..
Coloque fogo nelas e vai ver como eles se mijam.

Aproveita esse poder todo[e esse corpinho que eu sei que voce tinha]
E coloca fogo em todas as desgraças que nos acometem.
Nos maridos que nos traem..
Nas pessoas que nos humilham..
Nos meio-fios que tropeçamos..
Nas amigas que nos enganam..
Nos funcionários do MC Donalds
Nos professores da faculdade
Nas tias fofoqueiras
E em todas as pessoas que nos atormentam.

Nao espera 2012 chegar nao..vem logo
Só nao vem colocar fogo em mim
Porque, meu amor, já estive fervendo a semana inteira.
Por pouco nao chamo os bombeiros!
O meu eu quero mais é apagar."


Saudade de todo mundo...a correria da faculdade e trabalho estão matando.
Vô más vorto!

Tudo em flash


Tempo voando, pulso doendo, vida morrendo e nascendo de novo...e morrendo novamente..
Vida corrida, o amigo anônimo nao me deixa em paz...o namorado oficial que nao me atormenta como deveria.
Dias difíceis, projetos a serem entregues, loja a inaugurar, vida a viver...
Sei o que é sono, mas nao sei o que é dormir decentemente.

Coisas loucas acontecem, a gente padece, volta a viver e cai novamente.
O mundo tinha obrigatoriamente que ser redondo???
Porque se ele fosse quadrado, seria fácil: me esconderia num cantinho, garrafinhas de ice, operetas estocados, um pedaço nada modesto de carne humana e a vida seria wonderful.

Mas tudo que o tal inventou tinha que ter complicações!!
Gente brigando, gente matando e morrendo...
Gente discutindo a toa, gente vivendo à toa, outras nem vivendo...

Gente ingrata e gente inútil

Gente que nao ama...gente que nao se deixa ser amada.
Gente nada prática, que faz da nossa vida um trabalhão...
Fora os outros trabalhões que a gente tem com a vida.
Gente difícil, gente louca..mas louca de ruim
Porque existem as loucas de boas, como uma que conheci...e louca de boa como eu sou.
Essas nao fazem mal...ou no mínimo, nao fazem mal por mal.

Hoje nao quero conversa com o barbudo...ele anda esquecendo que sou da gang dele.
Acho que até ele anda meio desorientado...porque no natal, posso ganhar uma áspide e ser feliz pra sempre.
O bacana é fechar os dois olhos de uma vez só...e só de uma vez.



O fuá da minha vida continua o mesmo, no entanto, com alguns mais  figurantes.
Beijinhos..sumi mesmo..enjoei de tudo..
E nao é por causa da minha gravidez...
Enjoei mesmo!

Pessoa errada

Depois de uma discussão com um amigo, cheguei a certas conclusões que só um texto de Veríssimo pode expressar...
Falávamos de pessoas certas e erradas, homens e mulheres...ele dizia que eu precisava de um homem pra mandar em mim, pra me deixar furiosa, louca de raiva, mas obediente.
Ele me ofendeu de início, dizendo que sou uma controladora, mandona e egocêntrica, mas depois fui concordando em certos pontos.Preciso mesmo de alguém que discorde de tudo que eu falo, que me conteste sempre, que me deixe brava, me deixe com intenções homicidas e até suicidas.De alguém que me deixe insegura. boba, idiotamente devota...
Preciso de alguém que seja de verdade [e nao preenchida de anabolizantes, mentiras tolas e falsidade]
Vamos ao Veríssimo:
"Pensando bem em tudo o que a gente vê e vivencia e ouve e pensa, não existe uma pessoa certa pra gente.
Existe uma pessoa que se você for parar pra pensar é, na verdade, a pessoa errada.
Porque a pessoa certa faz tudo certinho!
Chega na hora certa, fala as coisas certas, faz as coisas certas, mas nem sempre a gente tá precisando das coisas certas.


Aí é a hora de procurar a pessoa errada.
A pessoa errada te faz perder a cabeça, perder a hora, morrer de amor...
A pessoa errada vai ficar um dia sem te procurar que é pra na hora que vocês se encontrarem a entrega ser muito mais verdadeira.
A pessoa errada, é na verdade, aquilo que a gente chama de pessoa certa.
Essa pessoa vai te fazer chorar, mas uma hora depois vai estar enxugando suas lágrimas.
Essa pessoa vai tirar seu sono.
Essa pessoa talvez te magoe e depois te enche de mimos pedindo seu perdão.
Essa pessoa pode não estar 100% do tempo ao seu lado, mas vai estar 100% da vida dela esperando você.
Vai estar o tempo todo pensando em você.
A pessoa errada tem que aparecer pra todo mundo, porque a vida não é certa.


Nada aqui é certo!


O que é certo mesmo, é que temos que viver cada momento, cada segundo, amando, sorrindo, chorando, emocionando, pensando, agindo, querendo,conseguindo...
E só assim, é possível chegar àquele momento do dia em que a gente diz: "Graças à Deus deu tudo certo"
Quando na verdade, tudo o que Ele quer é que a gente encontre a pessoa errada pra que as coisas comecem a realmente funcionar direito pra
gente...


[Luis Fernando Veríssimo]

Taí o que quero!!! Uma pessoa bem errada...De certinha, já me basto!
Bom sábado!
Ah! Estou procurando um texto do Veríssimo que perdi...sei apenas um trechinho..Se alguém tiver, faça a caridade de me passar. Escrevo errado, porque me vem apenas lapsos:
"Gosto de gente espaçosa, com garagem, varanda e cobertura..."

O país das bonecas infláveis

Muitas coisas passam e eu fico quieta...mas foram se acumulando alguns fatos e eu isso sim me explodiu.
Primeiro a reputação de certa Universidade que se foi com uma alpinista louca que se diz inocente e prejudicada por sair mostrando o que nem tanto atrai assim...
Depois a jumenta da Luciana Gimenez que defendeu sei lá porque a fulana..
Depois um Rapper dos mais idiotas chamado P.Diddy, que soltou no Twitter a pérola: "Aqui[no Brasil] é uma Tsunami de bundas"...
E ainda, um amigo espanhol que me perguntou como funcionam "as coisas" por aqui.


NÃO É PRA EXPLODIR???

Algumas poucas brasileiras estão aí, tentando provar capacidade, inteligência, independência e competitividade no mercado de trabalho...Fato!
Mas vem umas BBBs, umas moça da UNIBAN, umas loucas dançando peladas no carnaval, outras com vestimentas econômicas nas ruas e pronto: reputação zero!
O Brasil que já tem outros defeitos, como o tráfico, marginalidade, corrupção, catástrofes naturais, cânceres, impostos altos e serviço público inacreditavelmente deficiente, pobreza extrema e má distribuição de renda agora conta também com a péssima reputação causada por brasileiras bundudas e sem método melhor pra ganhar dinheiro.

Esse país, que é feito de mulheres frutas, Luciana Limenez, Carla Perez, Irislene Stefaneli, Sabrinas e outras...vergonhoso, não??
Mas é fato! É isso que os turistas procurarão na copa e nas olimpíadas...
Nesse nível, desanimo de fazer minha pós-graduação no exterior: quando dizer que sou brasileira, vão logo estender uma nota de 20 euros e erguer as sobrancelhas.

A gente aqui, diversas blogueiras inteligentes, tentando sobreviver à tanta futilidade, tentando provar que somos dignas e merecemos ser tratadas com o devido respeito...
A gente aqui, tratada como bonecas infláveis, como as outrazinhas.

Que devemos fazer pra termos o respeito aqui e lá fora??Ainda mais quando os outros olharem à procura da tão famosa injeção de silicone que nao temos, do samba no pé que renegamos e da vida fácil que simplesmente nao temos conhecimento??

Capitalismo e Direitos Humanos

Temos uma aula extra e à distancia na faculdade.
A disciplina que nos é dada se chama HUMANIDADES
Adoro interpretar e fazer textos em que posso falar abertamente o que penso dos assuntos e compartilhar com outros das minhas opiniões.
O ambiente é virtual, as aulas e as provas também.
Mas porque estou falando isso??Porque hoje me vi fazendo uma interpretação que simplesmente adorei.
Resolvi reproduzir aqui, de tanto que gostei.
[senta que lá vem veneno]


Assunto: Capitalismo e Direitos Humanos.
Questão: Qual ligação voce vê e que caminhos voce sugere para resolver o impasse entre capitalismo e direitos humanos? 


Nos deparamos, a meu ver, com a aula mais polêmica desta etapa do EAD: Apresentar uma solução para que a opressão capitalista nao deturpe os valores humanos.
O mundo capitalista domina todo o sistema de vivência existente na terra. E apesar de alguns remotos países adotarem o sistema comunista como principal lei econômica, eles também tem que lidar com o capitalismo nas relações exteriores. Seria demais utópico pregar um sistema comunista abrangente, para que todos os seres fossem de total igualdade um perante o outro, apesar de evidentes melhoras no sistema mundial de relações.


Mas seria desumano também pregar que apenas o capitalismo, o egocentrismo e a busca desenfreada por interesses prevalecessem perante às relações sociais. O capitalismo, ao tempo que é liberal é também opressor. Me vejo atualmente em uma sociedade narcisista, consumista ao extremo, nada solidária e eventualmente marginalizada devido a essa busca doentia pelos seus próprios interesses e por promoção pessoal e financeira.


A possível saída seria uma melhor distribuição de renda, mesmo dentro do capitalismo, com uma obrigatoriedade maior de leis morais a serem seguidas, idoneidade dos governantes, uma educação melhor aos filhos quanto à moral, respeito e solidariedade ao próximo...para que os valores praticamente escassos se restabeleçam. A liberdade extrema que o capitalismo proporciona, é, na verdade, uma faca de dois gumes e vitimiza muitas pessoas com uma proposta não tão idônea.


Minhas soluções não vão tão além disso: apenas tentativas. Pois sabemos o quanto é difícil mudar um pensamento que veio se construindo e solidificando há muitos anos: A auto-proclamação acima de tudo!


P.S.: As charges enriqueceram e deram uma pitada de humor sádico e realista. Gosto muito da criatividade expressa nelas. Parabéns aos professores do EAD. 

Logo logo a vida acaba...

Não, dessa vez nao estou querendo morrer de novo. É que com tantas coisas a fazer, com tantos planos a executar, logo logo a vida vai pro saco e eu nao vou conseguir provar que a maquininha de fazer suco não mói mandioca.

Tenho uma lista homérica de coisas a fazer, a agenda nao tem mais lugar pra anotar um pingo de i e agora estou me virando com dois projetos, dois blogs, faculdade, bofes de vida fácil, amigos possessivos e familia extremamente louca.

Quando a arvorezinha de natal odeio natal começa a piscar, o mundo acaba pra mim. Mais um fim de ano chegou, hora de fazer mais uma lista de resoluções, mais uma lista de coisas que no deveria ou deveria ter feito.
Aí vem ano novo, carnaval, vinho e rede, massagens da gostosinha e logo logo eu vejo isso acontecer tudo novamente.
A vida está passando numa velocidade incrível, e apesar de eu ter nascido um pouco atrasada devido ao tempo de aperfeiçoamento me vejo ouvindo novamente Lady in Red e chegando a conclusão de que este ano foi muuuito menor que os outros, mas ao mesmo tempo, muito mais proveitoso que os anteriores.

Engraçado, que até a gostosinha, que nada faz, diz que o ano passou muito rápido, apesar de estar longe dos dois filhos. E todo mundo que pergunto: os amigos do msn, da faculdade, o segurança do palacio das artes, o louco pintor, o terapeuta, a sobrinha de 7 anos, os amigos do blog, do twitter...todo mundo diz que...O TEMPO VOA!

Sente-se nessa realidade também??
Join us...Tem Open Bar!

Ostentar é abaixo da linha do ridículo


Ultimamente, tenho me deparado com algumas situações que me deixam extremamente irritada..

As pessoas acham que conquistam os outros pelo que tem e nao pelo que é..
O carinha peão acaba de comprar um carro e acha que manda em todas as mulheres que passam na rua.
A mulher está atolada em dívidas, mas nao deixa de comprar uma Louis Vuitton só pra mostrar pras amigas que anda por cima(nao sei de que).
Alguns nunca valorizam a personalidade..Para elas, interessa apenas o carro que voce tem, a casa ou a cidade onde mora, a sua conta bancária, o pai que voce tem..

Depois reclamam que se dão mal..
Ok...analisemos: Se voce gosta de um homem pelo carro ou pela conta bancária, ele certamente também gostará mais da conta bancária dele do que de voce.

Na atualidade, em que as mulheres se dizem "independentes", vejo aos montes umas que casam apenas por dinheiro, sem sequer conhecer o caráter do homem que dormirá ao seu lado. Nao sei se isso funciona, mas elas obedecem direitinho, porque precisam do dinheiro dele até pra comprar OB. Eu nao suportaria uma situação dessas...(Podem falar que vou morrer solteirona)

Nao sei se usei corretamente o título..
É legal voce conseguir suas coisas, ter uma vida confortável..Isso todo mundo quer e trabalha pra conseguir, lógico. Afinal, dinheiro é fundamental para sobrevivência.
Mas daí a ter uma vida baseada no achismo alheio, em que tudo que fará é pra simplesmente ostentar aos outros, é um passo grande.
Pessoas snobbish, nada tem na cabeça e a maioria são profundamente infelizes, pois nao vivem a vida do jeito que querem e sim do jeito que acha que os outros querem. Além de serem super antipatizadas.

Tenha caráter, respeito pelos que trabalham tanto ou mais que voce, aos menos abastados, aos que lutam, aos que nao nasceram em berço de ouro e precisam conseguir tudo a próprio mérito e aos que simplesmente amam uma vida livre e ao invés de comprar uma bolsa caríssima, investe em um parquinho para que os filhos brinquem e sejam felizes com as coisas simples.
Eduque-os para a vida, e nao para que sejam ridículos a ponto de achar que são melhores que os outros.

Beijinhos...
*A bad fase está passando, apesar da gostosinha ter me deixado fora de controle hoje.
*Quanto à ilustração, quer mais ridícula que a Paris,que nao tem uma
azeitona na cabeça e vive se metendo em burrada?
Um futuro nada invejável.

Preço

A vida não é tão valiosa quanto o alto preço que estou pagando por ela..
Talvez a de ninguém seja...
São tantos sacrifícios em vão, tanta vezes uma ajuda não agradecida, tantas vezes um amor severo.
Familia, amigos, pessoas...e um passado que há muito quero esquecer, mas o coração insiste em lembrar.
Fingimentos funcionam..você parece mais alegre, mais feliz que os outros..
Mas o peito despedaçado insiste em doer.

Às vezes dá vontade de ter medo de baratas,
 de magoar os outros, de solidificar o coração,
de ser materialista ao extremo e fútil, mais ainda.

Ou como hoje, refletir se a vida vale tudo isso..se esses sacrifícios um dia me recompensarão.
Onde há de nos entreter para que as dores da vida não nos atinjam..
Ou, ao menos, doam menos?

Para cada sorriso dado há uma tristeza envolta...
Por detrás desse nariz vermelho e dessa face branca...há lágrimas e sangue.
Hoje estou sendo eu, envolta em roupão e solidão...
Nada mais me incentiva, tudo que me cerca é tudo que um dia nunca quis.
O fim parece tão distante...mas espero ansiosamente por ele.
Quero ser lembrada como passado...quero ser citada como passado.
Quero ser aquele passado que está guardado no baú das tristezas,
em que se tranca e joga a chave rio abaixo...

Queria ser todo o tempo a personagem que represento tão bem..
Mas hoje nao posso...


Porque me deu uma vontade de chorar...

Opaa..recaída

O Taipan estava muito carnavalesco..querendo mudar, enfeitei mais ainda.
To dando um tapa nele aqui, mas nao fiquem com tantas esperanças..
Nao volto tão cedo..
Só nao sei se vou sobreviver com tantas idéias borbulhando na minha cabeça.

Por enquanto, só o presenteei com carinha nova...os "ajeitos" virão depois.

Beijinhos...já estou com saudade de todos!
Qualquer coisa, matem a saudade no Tuiti, local em que ando soltando meus venenos.
BEM VINDOS AO TAIPAN DOMESTICADA...INJETEM SEUS VENENOS À VONTADE.
 
Copyright 2009 TAIPAN DOMESTICADA All rights reserved.
Blogger Templates created by Deluxe Templates
Wordpress Theme by EZwpthemes