A Lição Final

Terminei agorinha a meu livro: A Lição Final (The Last Lecture),
de Randy Pausch, escrito por Jeffrey Zaslow.

Escolhi aleatoriamente o livro, por se tratar de uma situação pela qual minha família passou. Mas me fascinaram as lições que aprendi com o grande professor. Vítima de câncer no pâncreas, e com diagnóstico terminal, Randy se esforça pra reconhecer todas as lições aprendidas por ele e em deixar recordações para sua mulher e seus filhos. Uma leitura emocionante e reconfortante, para pessoas que já passaram pelo problema.

Quando o diagnóstico do meu pai foi dado como terminal, as buscas por novas soluções e curas utópicas nos afastaram dele e nao deixaram com que vivêssemos seus ultimos momentos juntos e compartilhássemos das lembranças maravilhosas que sua curta participação em nossa vida nos deixou.

Talvez fosse apenas isso que ele queria quando nos pedia pra ficar tranquilos, e que tudo ia ficar bem. A falta dele é muito grande nos domingos, dia de piadas e brincadeiras absurdas, com direito a muito humor negro. Mas deixou belas mensagens de otimismo e até hoje, algumas piadas que decorei da época em que ele as contava à noite. Onde quer que ele esteja, que ele também possa lembrar de nós com muito carinho.

Vale muito a pena a leitura, para pessoas que já passaram ou passam pelo tipo de situação.

O site oficial do livro:
The Last Lecture

E o vídeo no YouTube, da última palestra de Randy:
Achieving Your Childhood Dreams

E um poema que fiz tempos atrás para o meu paizito:
A Geraldo Magela de Moraes



6 comentaram:

MR disse...

Bom dia e bom Domingo!
Enrolei demais e agora tenho que correr... terminar mala.
Ninguém merece. Mas somos profissionais. Se temos que passar um Domingo em aeroporto e avião, lá vamos nós. Alguém tem que pagar a conta por todas as farras, noitadas, cartão de crédito, etc.

Grande beijo para voce.

Anônimo disse...

Dai, veja o blog do Brimo Vavá:

Anexo sem Nexo

E verás as estórias do Dudu.

Beijo de novo e agora vou mesmo senão perco o vôo.

, pequena notável # disse...

Nossa emocionei-me lendo você escrever sobre seu pai. Agradeço por nunca ter perdido alguém próximo.
Mesmo não tendo passado por nada disso, coloquei o livro em minha lista também.
Ah e estou te seguindo!
Beijos

Max Psycho disse...

oi minha ninfetinha totosa, um beijo grande para voce, fica com deus e tenha uma ótima semana

vida cotidiana disse...

Eu ouvi falar muito desse livro, mas achei que poderia ser triste. Ignorância minha, já que nas tristezas encontramos novos caminhos para viver, não é? bjs

Drêycka disse...

olá! Gostei do seu post.

...meus sentimentos pela sua perda...

Queria saber de vc se esse livro é do tipo "auto-ajuda" ou apenas uma história com uma boa lição no final. Me interessei por ele!


Bjs pra vc!

BEM VINDOS AO TAIPAN DOMESTICADA...INJETEM SEUS VENENOS À VONTADE.
 
Copyright 2009 TAIPAN DOMESTICADA All rights reserved.
Blogger Templates created by Deluxe Templates
Wordpress Theme by EZwpthemes