Hoje ataco de poema....

Gritos

O que queríamos mesmo era gritar ao mundo a nossa existência...
Gritar nossos problemas, nossas aflições, nossos medos...
Mas por mais que o som ecoe..Por mais que o grito seja estridente...
Ele vai passar apenas como uns decibéis a mais na atmosfera do mundo ignorante.
Porque o que desejam as pessoas é serem surdas aos acontecimentos(todos!).
E principalmente aos próprios acontecimentos...
Eu mesma, agora, gostaria de ser surda e avessa às minhas auto-críticas...
Às minhas exigências e ao meu perfeccionismo bobo e exagerado...
Gostaria agora de atender apenas aos cochichos quase imperceptíveis dos meus desejos...
Gostaria de atender ao som calmo e baixinho das minhas mais absurdas fantasias.
E gostaria de gritar bem alto e no ouvido da consciência: abandona-me coisa ruim!!

3 comentaram:

Karen disse...

hahahahahhaa
gostei, gostei =D

e muiiiito obrigado querida, vou passar sempre por aqui também, viu ?
aheouhaeuiea

beijão

Layana. disse...

aah vá.. a consciência nem sempre é uma coisa ruim!

Elaine disse...

Olá!
Estou passando para conhecer seu blog um pouco melhor.
Também quero desejar uma semana maravilhosa, com muitas coisas boas...
Beijos e fique com Deus.

BEM VINDOS AO TAIPAN DOMESTICADA...INJETEM SEUS VENENOS À VONTADE.
 
Copyright 2009 TAIPAN DOMESTICADA All rights reserved.
Blogger Templates created by Deluxe Templates
Wordpress Theme by EZwpthemes